SERTAO LIVRE

Bandidos que atearam fogo em carro com Jony Torres desistiram de atirar em jornalista depois de encontrarem crachá da TV Bahia.

Os bandidos que assaltaram o jornalista Jony Torres desistiram de atirar nele após encontrarem o crachá da TV Bahia dentro do carro da vítima. Os marginais colocaram o repórter no porta-malas do veículo e colocaram fogo no automóvel, na noite de segunda-feira (17), na zona rural da cidade de Esplanada, região nordeste do estado. De acordo com o delegado João Paulo Gomes do Nascimento, responsável pela investigação, disse que os dois criminosos envolvidos no caso são ligados à facção Bonde do Maluco (BDM) e pretendiam atirar no jornalista porque acreditavam que se tratava de um policial. “Os criminosos queriam o celular dele. Como não encontraram, um deles iluminou o rosto de Jony com uma lanterna e disse que o conhecia, que ele era policial, e os dois estavam decididos a matá-lo. Jony disse que era jornalista e um deles revistou o carro e encontrou o crachá funcional. Se não fosse isso… Polícia e bandido não se batem”, declarou o delegado, segundo o Correio da Bahia. Até o momento ninguém foi preso, mas Nascimento disse que já tem pistas dos criminosos.

FONTE: NOTICIAS DE SANTA LUZ

Related Articles

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: