SERTAO LIVRE

Prefeitura de Ourolândia promove inclusão para deficientes visuais nas mídias sociais com o termo #PraCegoVer

PMO


Os seguidores dos perfis da Prefeitura de Ourolândia nas redes sociais já se
deparam com um conteúdo diferente nos posts. As publicações oficiais do
órgão trazem em suas legendas a hashtag #PraCegoVer, que se trata de uma
estratégia de inclusão aos deficientes visuais.
A ação permite que cegos ou pessoas com baixa visão consigam entender o
que está sendo publicado nas mídias sociais da Prefeitura. Ao incluir o termo
#PraCegoVer, acompanhado da descrição detalhada da imagem, os
deficientes visuais conseguem, através de leitores de tela, saber exatamente
do que se trata o conteúdo postado.
“Como órgão oficial do município queremos falar com todo mundo em nossos
canais de comunicação e o uso desta estratégia permite alcançar os cegos da
nossa cidade”, declarou o prefeito municipal. Para ter acesso a autodescrição
das imagens nas mídias sociais ou ainda para realizar a leitura de fotos, textos,
documentos e todo tipo de conteúdo no Portal da Transparência do município é
preciso fazer o download gratuito no computador de programas de leitura de
tela como JWas, VLibras ou Virtual Vision.
A proposta da hashtag #PraCegoVer nasceu a partir do projeto de uma
professora baiana, com o objetivo de disseminar a cultura de acessibilidade
nas redes sociais. O projeto também beneficia pessoas com dislexia, déficit de
atenção e deficiência intelectual.
A iniciativa já foi aderida por grandes marcas e órgãos públicos nacionais e
internacionais, sendo que na região do Piemonte da Diamantina, Ourolândia é
uma das pioneiras. Além do pioneirismo no uso desta hashtag, o site do Portal
da Transparência ourolandense também se mostrou inovador, utilizando a
ferramenta de Closed Caption, que cria legenda de materiais audiovisuais para
deficientes auditivos.
Fonte: Assessoria Geral de Comunicação.

Related Articles

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: