NOTICIAS

Revitalização do Palácio da Sé é entregue; espaço volta a atividade com duas exposições

 

Revitalização do Palácio da Sé é entregue; espaço volta a atividade com duas exposições
 

Após cinco anos em obras de restauração e revitalização o Palácio da Sé foi entregue em cerimônia na sexta-feira (6). O palácio está localizado no Centro Histórico de Salvador, e voltará ao cotidiano de moradores e turistas. Comandado pelo Instituto de Desenvolvimento Humano (IDH) e pelo padre Abel Pinheiro, o espaço abrirá ao público com duas exposições: uma de presépios da coleção particular do engenheiro e arquiteto Celso Basto de Oliva e, outra, uma mostra de móveis dos séculos XVII e XVIII, com curadoria do antiquário Sérgio Caloula.

 

A cerimônia de entrega contou com as presenças do prefeito ACM Neto e do vice, Bruno Reis; do arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger; da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa; demais autoridades e convidados.

 

Com as obras, o térreo do Palácio passou a contar com uma área disponível para exposições itinerantes e realização de eventos corporativos, permitindo a sustentabilidade do local. Já o primeiro pavimento do espaço vai abrigar a exposição permanente “A Igreja e a formação do Brasil”, com acervo próprio e bens históricos remanescentes de outros prédios religiosos, como a antiga Catedral da Sé, demolida em 1933 para dar lugar a atual Praça da Sé.

 

O Palácio ainda abriga a sala do Laboratório de Conservação e Restauração Reitor Eugênio Veiga (LEV), que vai expor documentos históricos restaurados com a missão de restaurar, preservar, pesquisar e difundir o acervo documental da Igreja Católica no Brasil. O acervo possui mais de 16 mil documentos, entre os restaurados e não restaurados.

 

No segundo pavimento do prédio vai funcionar o Centro Administrativo da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, com um acervo permanente o arcaz da antiga Igreja da Sé, a galeria dos Bispos e Arcebispos da Bahia e Primazes do Brasil. O espaço também contará com uma área dedicada ao Arcebispo Sebastião Monteiro da Vide, responsável pela construção do Palácio. No local também serão realizados atendimentos e audiências do arcebispo, bem como secretarias da administração da Arquidiocese, uma capela episcopal, uma biblioteca e uma sala de conferência.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
%d blogueiros gostam disto: