Desabamento de prédio deixa 1 morto e 99 desaparecidos em Miami

Uma grande operação de resgate está em andamento no condado de Miami-Dade, na Flórida (EUA), depois que um prédio residencial de 12 andares desabou parcialmente na manhã desta quinta-feira (24/06).

Segundo autoridades locais, pelo menos uma pessoa morreu, várias ficaram feridas e 99 estão desaparecidas. As autoridades brasileiras não têm conhecimento de nenhum brasileiro entre as vítimas ou desaparecidos.

No Twitter, a apresentadora da TV Band Joana Treptow afirmou que o pai dela morava há quase 20 anos no prédio e foi resgatado, junto com a esposa: “graças a Deus a minha família foi resgatada. o meu pai, a esposa dele e a cachorra estão bem. um milagre.”

Na área, totalmente isolada, várias pessoas se reuniram ao longo do dia procurando informações sobre seus familiares.

O colapso ocorreu por volta das 2h, no horário local (3h no horário de Brasília), e afetou a parte de trás do Chaplain Towers, um condomínio de 12 andares e 100 apartamentos à beira-mar, construído em 1981.

Várias testemunhas descreveram à BBC News Mundo (serviço em espanhol da BBC) que ouviram um grande rugido naquele momento.

Ainda não está claro quantas pessoas estavam dentro do prédio. Dezenas de caminhões de bombeiros e veículos de resgate foram enviados ao local do acidente. Equipes de resgate retiraram 35 pessoas dos escombros, segundo as autoridades. Dez receberam tratamento e duas foram encaminhadas ao hospital.

“A parte de trás do prédio, provavelmente um terço ou mais, está destruída”, disse o prefeito de Surfside, Charles Burkett, em entrevista coletiva à imprensa. Burkett acrescentou que a causa do desabamento ainda é desconhecida. Surfside fica na Collins Avenue, ao norte da fronteira da cidade de Miami Beach.

“Parecia um terremoto”

Um homem que estava passeando com os irmãos dele e um cachorro descreveu o barulho quando o prédio desabou. “Basicamente, ouvimos um estrondo e pensamos que era uma moto. Nos viramos e vimos uma nuvem de poeira subindo”, disse ele à CBS Miami.

“Nós pensamos ‘o que está acontecendo?’ Corremos até lá com nossas camisas e máscaras no rosto, e perguntamos ‘o que aconteceu?’. E nos disseram que o prédio havia desabado.”

“Parecia algo como o 11 de Setembro”, disse outro homem à CNN, referindo-se aos ataques que derrubaram as Torres Gêmeas em Nova York em 2001.

Santo Mejil, de 50 anos, acordou quando a esposa dele ligou de uma unidade no nono andar de um dos três prédios que compõem as Torres Champlain. Ela é uma cuidadora noturna de uma idosa com deficiência.

“Ela disse que ouviu uma explosão”, disse Mejil ao Miami Herald. “Parecia um terremoto.” A esposa dele está entre os resgatados.

“O prédio tremeu e então eu olhei pela janela e não conseguia enxergar nada. Pensei que fosse uma tempestade”, disse um morador do prédio vizinho à CBS.

“Quando a poeira baixou, os dois terços dos fundos do prédio haviam sumido, eles estavam no chão.”

Fonte: BBC Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo